terça-feira, 14 de julho de 2015

Artistas da rua

Eu já sei que quando se fala na Margem sul, os primeiros pensamentos vão direitinhos para o tema "insegurança", "assaltos", "vandalismo" e "graffiti" ... Uma vez fui passar a Passagem de ano algures no Norte do país, no meio da noite alguém nos perguntou de onde éramos, e nós sem especificar muito (até porque dificilmente conheceriam esta santa terrinha) dissemos apenas Margem Sul, ao que o rapaz prontamente responde "Margem sul? Margem sul é graffiti!!"

Margem sul não é só assaltos, nem vandalismos, nem há mais graffiti na margem sul do que no resto do pais, tenham lá paciência! Mas numa coisa o rapaz tinha razão, os grafities fazem parte da margem sul, e de vez em quando encontro uns muito bons.

Hoje deixo-vos dois exemplos, um pela frase em si, e outro...bem, o outro vai falar por si.






Confesso, gosto de Graffitis, gosto da arte em si. Não gosto de paredes sujas por uns putos que se acham rebeldes e se limitam a despejar tinta pelas paredes alheias. Gosto destes artistas, que expõem as suas obras em galerias sem portas, em paredes, para toda a gente ver.

3 comentários:

  1. A segunda foto é mesmo ARTE, a junção das palavras com a ilustração dá que pensar, e muito!
    Beijinhos, Rodrigo | OOTD

    ResponderEliminar
  2. Obrigada pelo comentário, ainda bem que assim é!

    Graffiti faz parte da cultura de arte urbana, é arte aliás. Bons registos!

    ResponderEliminar
  3. Cada vez que passo pela segunda não consigo não olhar, é perfeito! :)
    Beijinho

    http://goldentouch-byandreiaguerreiro.blogspot.pt/

    ResponderEliminar